Mercado imobiliário reage, mas com preços até 10% menores

February 26, 2019

   Passada a instabilidade política do processo eleitoral no último trimestre de 2018, o mercado imobiliário de Mato Grosso do Sul começa a dar sinais de retomada, com aumento da procura pela comercialização de imóveis e sondagem de investidores para novos empreendimentos na Capital e no interior do Estado. Segundo a análise de representantes do setor, ouvidos pelo Correio do Estado, a estimativa é de que a busca de clientes tenha aumentado até 30% nos primeiros meses de 2019. No entanto, nem tudo é otimismo: em geral, os preços dos imóveis permanecem estagnados e, no fechamento dos negócios, a queda de preço chega a 10% do valor.

   Uma melhoria do cenário é esperada somente para o fim do primeiro semestre, conforme a política econômica do governo federal ganhar musculatura e as medidas esperadas pelo setor de habitação e construção para acelerar a atividade forem colocadas em prática. 

“Em 2018, o mercado fechou bastante fraco. Houve realização de negócios, mas em um ritmo lento. O que a gente sente é que os preços de alguns imóveis estão além da realidade do mercado (sobrevalorizados). O cliente faz a proposta, mas está difícil conseguir preço. Isso vale para todos, desde o pequeno terreno até o grande imóvel”, avalia o presidente da Câmara de Valores Imobiliários de MS (CVI-MS), Dirson Tadeu Auerswald.

Please reload

Posts Em Destaque

Qual o futuro do mercado imobiliário?

November 23, 2018

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

© Copyrigh reserved  2018