Comprar imóvel alugado é um problema?

Quem pretende comprar um imóvel alugado provavelmente tem dúvidas e receio devido à possibilidade de problemas relacionados ao contrato de locação vigente. No entanto, a depender de alguns fatores, essa transação pode ocorrer de uma forma ainda mais simples do que se imagina. Em entrevista ao Estadão Imóveis, Ricardo Paixão, vice-presidente da Rede Imobiliária do Sindicato da Habitação (Secovi), esclareceu detalhes acerca do assunto. Segundo o especialista, o que definirá se comprar um imóvel alugado será um problema ou não é o objetivo do comprador. “Se o propósito é ter renda, comprar uma moradia locada é uma solução e não um problema. Agora, se o intuito for usar o bem, então é preciso to

O que o período pós-pandemia deve ensinar para o mercado imobiliário

Um vírus chegou com tudo no mundo e chacoalhou as estruturas de sociedades, economias, mercados e, principalmente, a vida das pessoas. Estamos escondidos, praticando isolamento social, desempenhando nossas atividades na frente do computador e sem muita certeza do impacto do que isso vai trazer para a forma de pensar, viver, escolher, interagir, decidir e consumir. Posso afirmar que existirá o AC/DC – não a conhecida banda australiana de rock and roll e nem o Antes/Depois de Cristo – mas sim o “Antes do Coronavírus/Depois do Coronavírus”, mas por enquanto estamos no meio, ainda tentando sobreviver aos efeitos devastadores desse enorme tsunami, que ainda está passando, porém, modificando cenár

Pausa no pagamento do financiamento imobiliário tem efeito temporário, mas portabilidade pode fazer

A possibilidade de pausar os pagamentos de até quatro parcelas do financiamento habitacional foi uma medida oferecida pela Caixa Econômica Federal, no mês de março, que aliviou o orçamento dos mutuários que estão sofrendo os efeitos econômicos da pandemia. Na sequência da Caixa, que tem a maioria dos contratos de crédito imobiliário no país, outros bancos ofereceram a alternativa. Ao final deste texto, confira a análise da colunista Giane Guerra sobre financiamento de imóveis. A pausa, antes anunciada pela Caixa para 60 dias, foi prorrogada para 120 dias e, na terça-feira (14), o presidente do banco, Pedro Guimarães, afirmou que a pausa deve ser estendida para seis meses. Outras instituições

Investimento em imóvel rendeu 15,3% ao ano na última década, conclui Abrainc

A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) calcula que o investimento em imóveis tenha rendido, em média, 15,3% ao ano na década que vai de 2009 a 2019. A soma considera tanto o retorno médio do aluguel, de 5,9% ao ano, como a valorização dos imóveis de 9,4% ao ano. O período foi marcado por altos e baixos. De 2009 a 2014, houve o "boom" do mercado imobiliário, com alta nos preços dos imóveis e valorização anual de quase 25% sobre o preço de compra. Em um ano, por exemplo, um imóvel de R$ 100 mil passava a valer em média R$ 125 mil. A partir de 2015, no entanto, o percentual médio de valorização caiu para menos 1% ao ano até chegar em patamares negativos, de desvaloriza

O segmento do mercado imobiliário que ganhou força na quarentena

A pandemia da Covid-19 atingiu todas as esferas sociais e econômicas da sociedade e, claro, teve impacto também no mercado imobiliário.Analisando os três principais setores de imóveis comerciais – escritórios corporativos, condomínios logísticos e shopping centers –, podemos afirmar que o mercado de imóveis logísticos foi o que se manteve mais estável e, em determinadas áreas de atuação, foi inclusive alavancado durante a crise. As restrições governamentais e de isolamento pouco alteraram a dinâmica da logística, que engloba o uso dos imóveis e o transporte de cargas – diferentemente do que aconteceu com shoppings e escritórios, que foram diretamente afetados. Mesmo antes da crise, foi const

Posts Recentes

 Av. Giovanni Gronchi 6195, 05724-003 conjunto 1912 São Paulo/SP 

  • LinkedIn Social Icon

© Copyrigh reserved  2018