Mercado imobiliário fecha 2018 com alta de 19,2% em vendas, diz CBIC

O mercado imobiliário residencial apresentou aumento dos lançamentos e das vendas no ano passado no País, de acordo com balanço publicado nesta segunda-feira, 25, pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Por outro lado, o estoque de imóveis residenciais novos está em um nível baixo. Os lançamentos em 2018 somaram 98.562 mil unidades, alta de 3,1% ante 2017. Por sua vez, as vendas somaram 120.142 mil unidades, crescimento de 19,2%. Na comparação entre o quarto trimestre de 2018 com o mesmo período de 2017, os lançamentos atingiram 34.939 mil unidades, queda de 9%. Já as vendas alcançaram 34.378 mil unidades, avanço de 4,4%. O balanço abrange os dados de 23 capitais e regiões

Mercado imobiliário reage, mas com preços até 10% menores

Passada a instabilidade política do processo eleitoral no último trimestre de 2018, o mercado imobiliário de Mato Grosso do Sul começa a dar sinais de retomada, com aumento da procura pela comercialização de imóveis e sondagem de investidores para novos empreendimentos na Capital e no interior do Estado. Segundo a análise de representantes do setor, ouvidos pelo Correio do Estado, a estimativa é de que a busca de clientes tenha aumentado até 30% nos primeiros meses de 2019. No entanto, nem tudo é otimismo: em geral, os preços dos imóveis permanecem estagnados e, no fechamento dos negócios, a queda de preço chega a 10% do valor. Uma melhoria do cenário é esperada somente para o fim do primeir

Mercado imobiliário entra na mira de brasileiros e estrangeiros que residem fora do país

Confiança no cenário econômico faz investidores voltarem os olhos para o Brasil. Investir no país de origem e ainda ter a possibilidade de ver o patrimônio crescer é um ótimo negócio. Grande parte dos brasileiros que mora fora do país está tendo, neste momento, uma possibilidade real de investimento seguro e rentável. É o que afirma Leirson Cunha, diretor-executivo de marketing da Netimóveis e vice-presidente das corretoras de imóveis da CMI-Secovi/MG. Ele explica que o mercado imobiliário brasileiro passa por um momento único, ideal para investimentos, e essa oportunidade já entrou no radar dos brasileiros ou estrangeiros que residem fora do país. O executivo, que acaba de voltar dos Esta

2019 e o mercado imobiliário

Depois de passar por uma de suas maiores crises, o mercado imobiliário brasileiro ensaia um retorno em grande estilo já no primeiro semestre de 2019. Um grave crise econômica combinada com o envolvimento das grandes incorporadoras em escândalos de corrupção simplesmente parou este mercado nos últimos 3 anos, fazendo com que empresas deste setor revisassem seus planos de negócios, freando boa parte dos investimentos previstos e trabalhando apenas com unidades em estoque e em projetos que já estavam em andamento, incluindo até mesmo, aquelas empresas que conseguiram permanecer saudáveis durante este período. Passada a tempestade perfeita, um novo cenário para o mercado imobiliário se vislumbra

Uso compartilhado de imóveis é regulamentado e movimenta mercado imobiliário

Muito utilizado em outros países, o uso compartilhado de imóveis está regulamentado no Brasil. A Lei federal de nº 13.777/2018 determina os direitos e as obrigações das partes envolvidas na multipropriedade imobiliária – ou time-sharing. A advogada Bianca Bonadiman, especialista em Direito Imobiliário, explica que trata-se de uma nova modalidade de condomínio em que um mesmo imóvel é utilizado por vários proprietários, cada um em um período de tempo pré-estabelecido, sendo que os custos de aquisição e de manutenção serão compartilhados. “A regulamentação do uso de um imóvel compartilhado oferece maior segurança jurídica às partes envolvidas, já que estabelecerá previamente as regras que deve

Mercado imobiliário mira público que deseja morar sozinho

Sair da casa dos pais para ter a sua própria já não tem mais a mesma finalidade que antigamente. O que antes era resultado de casamento e criação de sua própria família, hoje pode ser a consequência de um emprego em outra cidade ou simplesmente pelo desejo de conquistar a tão sonhada liberdade. É por esse motivo que, cada vez mais, o mercado imobiliário deve estar preparado para suprir as necessidades de quem procura por um imóvel ideal para morar sozinho e não se enrolar ainda mais com as tarefas da rotina corrida. Principalmente para os jovens em busca de um novo trabalho ou que mudam de cidade para concluir o ensino superior, encontrar o imóvel certo para essa nova fase da vida acaba send

2019 será melhor para o mercado imobiliário, diz presidente da MRV

São Paulo – A redução das incertezas após a eleição deve dar início a um novo ciclo para o mercado imobiliário, avalia o presidente da MRV, Eduardo Fischer. A construtora, que focou nos últimos cinco anos no consumidor de baixa renda, pretende voltar a lançar imóveis de maior valor. O déficit habitacional do País, que já era elevado, aumentou em mais de 220 mil imóveis entre 2015 e 2017, batendo recorde. A seguir, trechos da entrevista do executivo ao periódico. 2019 deve ser um ano melhor para o mercado imobiliário? Nesse setor, é preciso sempre tentar antecipar os próximos três anos. Mesmo em 2014, quando o desemprego estava baixo, já se vislumbrava que seriam anos difíceis pela frente, ma

Novos edifícios que mal podemos esperar para ver neste ano

A economia global exibe sinais de desaceleração, mas ambiciosos projetos de construção continuam em ritmo acelerado. Os edifícios listados a seguir serão concluídos neste ano, mas as semelhanças entre eles terminam aí. Este edifício de oito andares no coração de Hudson Yards vem com grandes expectativas. Ele terá teatro, sala de ensaio, espaço para eventos e dois andares de galerias. Mas o verdadeiro atrativo é que o edifício tem uma estrutura exterior telescópica que desliza por enormes trilhos para cobrir a praça externa ao lado. Por que é notável: “A ideia do prédio é criar arte para o futuro”, diz Elizabeth Diller. “Haverá arte experimental em diferentes disciplinas, que não podemos prev

Posts Recentes

 Av. Giovanni Gronchi 6195, 05724-003 conjunto 1912 São Paulo/SP 

  • LinkedIn Social Icon

© Copyrigh reserved  2018